Reino Fungi

Filo Basidiomycota

 

Os Basidiomycota possuem hifas septadas com poros. Ocorre um tipo de poro especial com margens infladas chamado doliporo. Embora sejam característicos de Basidiomycota estão ausentes em alguns grupos. Podem ser divididos em três classes: Basidiomycetes, que são representados pelos cogumelos e orelhas-de-pau tendo grande importância na indústria alimentícia, e por duas classes de importantes patógenos de plantas, os Teliomycetes, representados pelas ferrugens, e Ustomycetes, representados pelos carvões. Os membros do filo Basidiomycota também têm papel preponderante como decompositores sendo fundamentais para ciclagem de nutrientes.

 

Classe Basidiomycetes

 

A classe Basidiomycetes inclui dois grupos artificiais, os Hymenomycetes e os Gasteromycetes. Os Hymenomycetes são caracterizados por produzirem basidiósporos em um himênio exposto, camada fértil onde ocorrem cariogamia e meiose. Os Gasteromycetes são caracterizados pelos basidiósporos maduros permanecerem dentro do basidioma e necessitarem de algum estímulo mecânico ou agentes externos (água ou insetos) para que sejam liberados. Dados moleculares sugerem que os grupos de Gasteromycetes seriam derivados de diferentes grupos de Hymenomycetes.

Os Gasteromycetes são os cogumelos malcheirosos, as estrelas-da-terra, as bolotas-da-terra e os ninhos-de-passarinho. Possuem um basidioma com uma camada externa chamada perídio o qual encerra os basidiósporos em seu interior.

Os Hymenomycetes incluem os cogumelos que são seus representantes mais importantes. Dentre eles estão os fungos tóxicos, como os do gênero Amanita que pode ser letal e Psilocybe utilizado como alucinógeno pelas tribos indígenas da América Central, e os fungos comestíveis, como os champignons, shiitakes e shimejis, que movimentam mais de 1 bilhão de dólares por ano em todo o mundo. As orelhas-de-pau são importantes decompositoras da maioria das madeiras. Cogumelos e orelhas-de-pau representam o corpo de frutificação dos Hymenomycetes, denominados basidiomas. O cogumelo é constituído por um píleo ou chapéu, que apresenta poros ou lamelas revestidos pelo himênio, onde são formados os basidiósporos. O píleo é sustentado por uma estipe ou um pedúnculo que pode apresentar um anel de importância taxonômica e estar envolvido, na base, por uma volva.

No ciclo de vida dos Basidiomycetes, o encontro de duas hifas haplóides que passam por plasmogamia e originam o conjunto de hifas dicarióticas, formam o basidioma. Em cerca de metade das espécies de Basidiomycota, para que ocorra a distribuição de um núcleo de cada tipo para as células filhas durante as divisões mitóticas das hifas dicarióticas formam-se ansas no ápice das hifas. Na região do himênio as células passam por cariogamia seguida pela meiose zigótica originando quatro núcleos haplóides numa célula que passa a ser chamada basídio. Os basídios originam a partir dos esterigmas os basidiósporos haplóides, esporos sexuados, que se disseminam e dão origem a novas hifas haplóides. A reprodução por esporos assexuados não ocorre nesse grupo.

 

Classe Teliomycetes

 

Teliomycetes são fitopatógenos, e dentre as doenças mais sérias estão a ferrugem-preta dos cereais, a ferrugem-branca dos pinheiros, as ferrugens do café, da maçã e do amendoim. Tem grande importância econômica chegando a causar prejuízos anuais de bilhões de dólares na agricultura. Esta classe contém fungos comumente referidos como ferrugens, que diferente dos Basidiomycetes, não formam basidiomas. Seus esporos ocorrem em aglomerados, denominados soros, nas superfícies das folhas dos hospedeiros. O ciclo de vida dessa classe é heteroécio, isto é, requer dois hospedeiros diferentes para completar o ciclo, o que faz dos Teliomycetes grandes desafios aos fitopatologistas.

 

Classe Ustomycetes

 

Todos os membros de Ustomycetes também são parasitas de angiospermas e são comumente referidos como carvões. O nome “carvão” é devido a aparência escura, fuliginosa e pulverulenta dos esporos de resistência. Economicamente são muito importantes, pois atacam cerca de 4.000 espécies de plantas, incluindo as destinadas à alimentação, como o milho, a aveia e o trigo.

O ciclo de vida de um carvão é auto-écio(requer somente um hospedeiro), é consideravelmente mais simples do que dos teliomicetos. Nesta classe também não ocorre a formação de basidiomas, sendo que os esporos podem ocorrer em soros ou tumores grandes.

 

 

Voltar