Reino Fungi

Fungos Conidiais

 

Os fungos conidiais também são conhecidos como deuteromicetos ou Fungi Imperfecti. É um grupo artificial, pois as características da reprodução sexuada não são conhecidas ou não podem ser utilizadas como base principal de classificação. Baseado em características gerais, acredita-se que muitos fungos conidiais seriam ascomicetos e poucos seriam basidiomicetos ou zigomicetos. A maioria tem como característica fundamental a reprodução assexuada através da produção de conidióforos e conídios, que podem estar espalhados no micélio ou agrupados em outras estruturas.

Há muitos fungos conidiais de grande importância econômica. Podem causar doenças às plantas como as antracnoses. Aos seres humanos causam dermatoses (tinhas, pé-de-atleta) e intoxicações através de micotoxinas carcinogênicas (aflatoxinas) provenientes de fungos que crescem frequentemente sobre alimentos estocados. Também podem trazer diversos benefícios econômicos. São amplamente utilizados na indústria alimentícia e podem ter valor na indústria têxtil e como controle biológico de outros fungos. Sua utilização na indústria farmacêutica é marcada pela produção de antibióticos como a penicilina, que tem ação curativa em várias doenças causadas por bactérias, incluindo a pneumonia, sífilis, gonorréia, difteria e febre reumática.

 

 

Voltar