Filo Dinophyta ou Dinoflagelados

Reprodução sexuada nos Dinoflagelados

 


  

Os dinoflagelados possuem dois flagelos para movimentação na água, suas células são haplóides e se reproduzem assexuadamente, em sucessivas divisões mitóticas. Em determinado momento do ciclo, as células haplóides fundem-se (reprodução sexuada) e formam uma célula diplóide, e a partir daí a célula com sua teca celulósica crescem. Esta sucessão constitui a fase móvel do ciclo vital. Graças a uma adaptação evolutiva às condições ambientais adversas, as células diplóides começam a transformar-se em cistos fossilizáveis, que encerram o material celular e constituem a fase imóvel do ciclo. Após o encistamento, a parede celulósica se desagrega e o cisto é sedimentado. Em condições ambientais favoráveis, o protoplasma sai do cisto (excistamento) através de uma abertura chamada arqueopilo e reinicia-se o ciclo com a formação de novas células móveis.

 

Voltar